Treinamento com clicker – Parte II

Na primeira parte de Treinamento com clicker falámos que este instrumento ajudar a construir comportamentos sólidos e fiáveis.

Porque trabalhar com o adestramento positivo?

Trabalhar com o adestramento positivo tem muitas vantagens, este tipo de ensino mediante recompensas realça a motivação e a confiança entre vocês. Se houver equivocação o seu cão não terá medo de repetir a conduta, o exercício ou a ação, porque não recebem castigo, apenas acontece que não recebem o reforço.

O uso do clicker pode ser feito com cachorros ou cães adultos. Há outros métodos, que pelas suas caraterísticas e a aplicação, devem ser utilizados em certos períodos da vida do animal, se forem aplicados antes do devido tempo, podem ser demasiado exigentes para cachorros, e em animais adultos, com certa idade, já não são efetivos, já que o cão tem o seu caráter formado, hábitos e atitudes.

O clicker nos permite usá-lo e começar a trabalhar com um cão jovem, o qual nos permite modelar certas características desejadas para quando for adulto. E em um cão adulto, nos permite modelar e mudar os seus hábitos ou aprendizagem de exercício.

Temos o clicker e o reforço (a comida), agora temos que os unir, consegue-se mediante um sinal, neste caso o clique associa-se com algo agradável, o que posteriormente nos servirá, para indicar que o cão que fez algo esperado. Isto apenas passará uma vez na vida do animal, e uma vez feito teremos a chave para aceder, ao interior da mente do animal, para desenvolver com o clicker, todos os exercícios desejados e modificar as suas condutas.

Os requisitos para utilizar o clicker são simples e lógicos, é necessário escolher ou propiciar um momento de concentração do animal ou induzi-lo a fazer novamente determinada ação. Criar um ambiente tranquilo e livre de distrações, não devemos falar com ele; realizar o exercício com certo dinamismo, fazer o clique e entregar um pedacinho de comida, as repetições não serão muitas, umas 15 aproximadamente.

Recomenda-se dois ou três sessões diárias curtas, de 15-20 repetições para concretizar, dinâmicas e sem falar. Irá depender das caraterísticas do animal e da evolução das sessões. Um bom sinal, que o clicker está a ser bem utilizado, é quando depois do clique, o cão espera a entrega da comida.


« Anterior

Os cães, melhores do que as pessoas – Porquê?

O cuidado de camaleões

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.