As maiores raças de cães

Os cães são os animais de estimação preferidos de milhões de pessoas em todo o mundo. Muitos optam por raças pequenas que necessitam de poucos cuidados e espaço. Contudo, outros escolhem as raças de cães maiores, pela sua preferência e gosto pessoal, ou por necessidades específicas como cuidar de rebanhos e propriedades

A força e os potenciais destas raças chamam a atenção de milhares de criadores em todo o planeta, que se esforçam para manter a pureza genética intacta, assim como desenvolver novos mestiços de tamanho grande

As maiores raças de cão do mundo 

Apesar de que em muitos países, os cães de raça grande são considerados perigosos, não faltam quem ama criar estes imponentes exemplares de beleza. Se pensas incluir um como novo membro da família ou para cuidar dos seus bens, irá interessar-te saber quais são as maiores raças de cães. 

Grand Danois

Com uma origem principalmente alemã, esta raça da Europa está entre as maiores e mais conhecidas do mundo. Não é para menos, tendo em conta que está classificada como uma raça de cão gigante, podendo medir mais de 85 cm de altura e pesar entre 54 e 90 kg

Uma característica destes cães é a sua estrutura magra, com patas compridas e focinho pronunciado. Lamentavelmente, as suas imensas proporções também a convertem numa das raças de cão com maior predisposição para sofrer doenças, podendo atingir uma esperança médica de vida entre 8 a 10 anos de idade. 

Terrier Preto da Rússia 

Uma das maiores raças de cão do mundo é o Terrier Preto da Rússia, que tem como característica fundamental o seu longo pelo escuro, que oculta a sua estrutura robusta e musculada. Têm origem na Eurásia, principalmente, na Rússia. 

É um cão acostumado ao trabalho e muito ativo, pelo que necessitam de um espaço amplo e constantes saídas ao ar livre. Concretamente, podem medir entre 64 e 72 cm de altura, chegando a pesar entre 45 e 68 kg

Komondor 

Na Hungria surgiu uma das grandes raças de cães mais curiosas do mundo. Com um longo pelo que se estende e cai formando mechas ou rastas, o Komondor é um cão de guarda e pastor que demonstra valentia, proteção, inteligência e obediência se for criado apropriadamente desde cachorro. 

Com o seu tamanho imponente entre 64 e 76 cm de altura, a massa corporal pode alcançar os 60 kg, este cão não dúvida um segundo se tiver que enfrentar lobos para proteger o seu rebanho. Além do mais, o seu pelo característico permite-lhe camuflar-se com as ovelhas que cuida. Em média pode viver entre 10 e 12 anos com bons cuidados.  

Lébrel Irlandês 

Tendo em conta que também são conhecidos pelo nome de “Caçador de lobos irlandês”, já terá uma ideia da grandeza e presença destes cães. São antigos o suficiente para serem mencionados por Júlio César nos seus relatos sobre as guerras dos Gauleses, e durante séculos defenderam propriedades e animais de diferentes predadores. 

Está na categoria de raça gigante, chegando a pesar até 55 kg superar os 85 cm de altura. A sua musculatura, agilidade e valentia são tais que também chegaram a ser utilizados para a caça do alce irlandês, um animal que tem o dobro da altura. Só é lamentável que a sua esperança média de vida seja apenas de 6 a 8 anos.  

Mastim 

Existem registos de mastins do século II antes de Cristo, e até o dia de hoje existem 8 variedades diferentes. Mas o mastim napolitano e o mastim tibetano as duas maiores variedades desta raça de cães. 

O habitual é que sejam usados como cães de guarda, sobretudo para casas e outras propriedades. A altura máxima que podem alcançar na sua idade adulta é de uns 77 cm, enquanto o peso chega aos 73 kg. É importante destacar que os napolitanos têm um pelo curto, ressaltando a musculatura que podem alcançar, enquanto que os tibetanos têm um pelo longo e denso, o que os ajuda a parecer mais intimidantes e imponentes. 

Terra-nova 

Outra raça de cão gigante é o cão Terra-nova, é também conhecido como o “gigante gentil”, dada a sua tendência a ser dócil e carinhoso apesar do seu tamanho imponente. De facto, é um cão que se dá bastante bem com as crianças, pelo que são utilizados para o cuidado de casas e famílias.  

Os machos de idade adulta podem pesar 60 – 70 kg e medir entre 69–74 cm de altura. Apesar de que necessitam de grandes espaços para se moverem com liberdade, requerem pouca atividade física para se manterem equilibrados e livres de stress. O seu principal problema é que apenas vivem entre 8 a 10 anos. É importante mencionar que têm origem no Canadá. 

São-bernardo 

Basta conhecer a sua ascendência para saber que, definitivamente, o São-bernardo é uma das maiores raças de cães do mundo. Tem a sua origem nos Alpes Suíços e no norte de Itália, e descende de raças tão grandes como o Mastim Tibetano, o Grand Danois, o Terra-nova e o já extinto Mastim dos Alpes. 

Pode alcançar uma altura de até 90 cm, o que supera ligeiramente o Grand Danois, mas não o excede em termos de massa corporal, cujos valores máximos podem rondar os 82 kg no caso dos machos. A sua esperança média de vida é igualmente curta, entre 8 a 10 anos. É um bom vigilante de casas e de famílias com crianças, já que é carinhoso, inteligente e muito fiel. Se quiseres saber como cuidar de um São-bernardo, neste artigo explicamos-te tudo. Lê agora! 

As maiores raças de cães, altura ou peso? 

Ter em conta um equilíbrio entre a altura e peso é a melhor opção quando procuramos cães de raças grandes, já que ambas as variáveis são indispensáveis para cumprir otimamente as funções de cão de guarda e vigilante.  

No caso de desejar um cão grande pelo simples gosto estético, há que considerar que os mais altos precisam de uma maior atividade física, sobretudo ao ar livre, onde podem esticar as longas patas. Por outro lado, os cães mais pesados requerem um especial cuidado com a sua alimentação, de forma a evitar o sobrepeso e a acumulação de grandes quantidades de energia que não serão capazes de queimar e, consequentemente, podem acabar por sofrer de stress. 


Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Gato azul russo: Conselhos, cuidados e características

Pastor australiano: Conselhos, cuidados e características

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.