Como adotar um gato? Passo a passo para acolher o novo membro

Ter um animal de estimação pode ser uma alegria, mas é também uma responsabilidade. E embora cada vez mais pessoas tenham um em casa, o número de animais de estimação abandonados não está a diminuir tanto como deveria. Portanto, se estás a pensar em arranjar um gato, vamos dizer-te como adotar um gato.

Porque é que te vamos dizer como adotar um? Porque a situação dos animais de estimação abandonados em Espanha ainda é crítica. De acordo com um estudo da Fundação Affinity, foram abandonados 118.000 gatos no nosso país em 2022. E o facto é que a sociedade ainda precisa de ser mais sensibilizada para o problema do abandono dos animais.

Mais de 90% dos gatos que são recolhidos em abrigos foram encontrados na rua. Por esta razão, muitos destes abrigos optaram por começar a gerir colónias de gatos vadios através da alimentação, esterilização, controlo de criação e controlo sanitário.

Mas esta não é uma solução permanente. A melhor coisa que pode acontecer é que alguém os acolha. Então se estás pronto para a chegada de um novo membro da sua família… Porquê comprar um? Porque não adotar um? Garantimos-te que estes gatinhos têm muito amor para dar. Estás disposto a isso? Caso tenhas alguma dúvida, vamos explicar-te como adotar um gato.

Requisitos para adotar um gato

Pressupomos que se consideraste ter um animal de estimação, estás ciente de todas as responsabilidades que isso implica. A adoção de um animal é um grande compromisso, uma vez que estes animais foram abandonados e necessitam de um lar seguro e estável, pelo que os futuros donos devem cumprir os seguintes requisitos nos abrigos:

  1. Ter a idade legal.
  2. Comprovativo de morada: Um documento que mostre que és o proprietário ou que alugas o local onde o gato vai viver.
  3. Contrato de adoção: Neste contrato que assinarás, comprometes-te a cuidar do gato e a mantê-lo nas melhores condições, a fornecer-lhe os cuidados veterinários de que necessita, a não o utilizar para reprodução, a informar o abrigo de quaisquer alterações e, claro, a não o abandonar.
  4. Cobertura de custos: Sim, adotar tem um custo, mas é uma doação para cobrir os custos veterinários incorridos pelo animal no abrigo.

Embora estes sejam requisitos aparentemente simples, deves ter em mente que o abrigo tem o direito de não te dar o gato se considerar que não cumpres nenhum dos requisitos que exige. Eles cuidam do bem-estar dos animais que acolhem, por isso esperam que sejas igualmente sério no teu compromisso com estes gatinhos.

Que áreas precisa um gato em casa

É essencial saberes se queres adotar um gatinho ou um gato adulto. Com um gatinho precisarás de mais paciência, educação e cuidados do que com um gato adulto.

Uma vez escolhida a idade, é necessário certificares-te de que o gato tem o seu próprio espaço em casa. Em particular, a melhor coisa a fazer é certificares-te de que tem estes quatro:

  • Área da casa de banho: para colocar a sua caixa de areia, nunca perto de alimentos e numa área ventilada.
  • Área de brincar: onde colocar o seu posto de arranhar e alguns brinquedos.
  • Área de alimentação: sempre com água fresca.
  • Zona de sono: esta será determinada pelo gato, pois será o local onde o gato se sentirá mais confortável.


Além disso, é da maior importância instalar redes e proteções de janelas para asegurança do teu felino, a fim de evitar acidentes e perdas.

Todos nós merecemos uma segunda oportunidade e amor. Garantimos-te que se optares por adotar um gato, não só receberás amor de primeira, mas também estarás a ajudar mais um gato peludo a ter uma vida melhor.

Se precisar de algo para o seu animal de estimação, na Tiendanimal queremos ajudá-lo. Encontre a sua loja mais próxima ou se preferir, faça a sua encomenda na nossa loja online especializada em produtos para animais de estimação, a número um em Espanha, e não perca as nossas ofertas!

Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Tudo o que precisas de saber para praticar canicross com o teu cão

Adotar outro cão em casa Quando?

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.

Natal