Como planear um aquário de água salgada

Se quiseres instalar um aquário de água salgada, mas nunca tiveste um, há alguns passos lógicos que deves seguir para não cometer erros e gastar dinheiro desnecessariamente.

Antes de qualquer coisa, deves decidir qual sistema de água salgada gostarias de instalar. As opções que tens são:

  • Um tanque para peixes unicamente
  • Um com peixes e rochas vivas
  • Um sistema meio-recife
  • Um sistema recife

Uma vez que tenhas escolhido o sistema, a seguir tens de te informar o máximo que puderes sobre ele. O melhor é comprar livros para iniciantes sobre o tema, procura algum que forneça informação específica com muitos detalhes. É melhor consultares mais de um autor, já que não há uma única forma de fazer as coisas bem e se leres vários, podes formar o teu próprio critério.

Com a informação recolhida, faz uma lista completa de todos os elementos que precisas e das espécies que vais pôr no tanque, e somente depois é que podes ir à loja. É possível que não possas comprar tudo junto, mas com o tempo, paciência e um pouco de dinheiro cada mês poderás ter o aquário dos teus sonhos.

Instalação um aquário de água salgada

Primeiro limpa o aquário com água fresca, põe uma paisagem decorativa no fundo se quiseres. Depois coloca o aquário sobre uma prateleira ou mesa, com algo acolchoado debaixo, nivela-o bem e finalmente instala todo o equipamento segundo as instruções.

É recomendável verificar o funcionamento de todos os acessórios antes de pôr os peixes. Se preparares a solução de água salgada tu mesmo, deixa-a assentar durante 24 horas com os equipamentos em funcionamento e retira com um sifão o resíduo branco que possa aparecer no fundo. Controla que não haja perdas, ajusta a temperatura e balança a salinidade da água se for preciso.

O seguinte passo é colocar a decoração no aquário. Se vais usar rochas vivas, deverás tratá-las primeiro para prepará-las. Acomoda o substrato, rochas, plantas ou o que fores usar como mais gostares e depois completa o nível da água.

Agora conecta o equipamento e já podes adicionar os peixes. Recorda que no primeiro mês do aquário é produzido o ciclo de nitrogênio, que produz altos níveis de amônio e nitritos, muito tóxicos para os peixes. Dado o perigo que correm os primeiros habitantes de um aquário e a tua falta de experiência, o melhor é escolher espécies resistentes e de baixo custo, como os da família dos Pomacentridae.

Uma vez estabelecido o sistema podes mudar os peixes e comprar outros mais bonitos que precisem maiores cuidados. Não convém pôr durante este ciclo nenhum invertebrado nem corais, dado que são muito sensíveis. Recorda sempre aprender o máximo possível sobre qualquer espécie antes de comprá-la para evitar fracassos.

Links relacionados:


« Anterior

Hiper e hipoatividade nos répteis em cativeiro

Leucemia felina

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.