Como cuidar da almofada plantar dos cães?

As almofadas plantares dos cães são muito resistentes e estão preparadas para caminhar e correr sem se magoar. Contudo, também é uma zona sensível à qual devemos prestar especial atenção para que se encontre sempre em bom estado. As patas dos cães estão em constante contato com o solo e, se não temos determinados cuidados, podem ferir-se, ou queimar-se. O tipo de solo pelo qual o teu animal de estimação caminha influencia muito na sua almofada plantar, principalmente nos cães que realizam alguma atividade ou fazem longas caminhadas.

Aprende como proteger as almofadas do teu cão para que se mantenham saudáveis e bem cuidadas.

Almofada plantar dos cães

Os cães têm quatro almofadas plantares com depósitos de gordura; estes depósitos aportam elasticidade para reduzir o impacto ao apoiá-las no solo e amortecer os golpes ao correr. Nas almofadas plantares encontram-se as glândulas sudoríparas, que são as responsáveis por mantê-las húmidas para que não se rachem assim como para regular a sua temperatura. De certeza já viste que o teu cão esfrega as patas contra o solo, normalmente depois de fazer as suas necessidades; esta é uma forma de marcar o território com o seu odor através das glândulas.

Uma almofada plantar saudável é suave e dura, mas não está resseca nem com rachas. Igual de importante é o cuidado do pelo e das unhas. Em algumas raças o pelo cresce entre os dedos e devemos cortá-lo para evitar nós e deformações. O mesmo acontece com as unhas: se não as cortamos e as deixamos crescer demasiado, deformar-se-ão e farão com que o cão não pise de forma adequada, o que influencia negativamente nas suas articulações.

Muitos cães não precisam do corte de unhas porque as desgastam com a sua atividade, mas nem sempre é assim. É muito importante saber como e por onde cortá-las para não magoar o animal e evitar o sangramento. Neste artigo falamos de qual é o passo a passo para cortar as unhas do teu cão corretamente.

Problemas ou lesões na almofada plantar dos cães

A almofada plantar não só pode magoar-se por causa de uma ferida produzida por um objeto cortante, também pode rachar-se por falta de hidratação. A temperatura também influencia muito nesta pele dura que funciona como um sapato. O alcatrão quente no verão, assim como andar por uma zona de gelo, podem provocar graves queimaduras por abrasão. Por isso devemos ter muito cuidado com o terreno por onde passeamos com o nosso cãozinho e evitar determinados pavimentos ou temperaturas.

Ferida na almofada plantar do cão

Se o teu cão tiver uma pequena ferida na pata, limpa muito bem com água e sabão neutro, eliminando qualquer resto de sujidade ou corpo estranho como pedrinhas ou areia. Uma vez limpa, utiliza um creme especial para almofada plantar que mantenha a região hidratada e favoreça a cura. Depois, cobre a ferida com uma gaze para evitar que penetre sujidade e que o cão não se lamba. 

Se tiver sofrido algum tipo de corte mais profundo, o melhor será levar o teu cão ao veterinário para que seja ele quem indique como agir e curar a ferida.

Almofada do cão rachada

Nos meses de frio costumam aparecer rachas na almofada plantar devido à secura e à perda de elasticidade pelas baixas temperaturas. Também podem acontecer por um desgaste excessivo. Não te deves preocupar demasiado, mas deves tomar sim algumas medidas para que estas gretas desapareçam já que podem derivar em feridas.

Podes curar a almofada plantar com betadine e com banhos de água morna misturada com sal, que age como desinfetante. Podes ajudar-te com uma gaze para a sua aplicação ou, diretamente colocar as patinhas em um recipiente com a mistura. Também podes utilizar vaselina pura para curar as rachas.

Para a sua prevenção basta com manter as almofadas plantares hidratadas com algum creme apto para cães.


Almofada plantar queimada por abrasão

As patas dos cães são muito sensíveis à temperatura. O calor excessivo do alcatrão no verão (que pode atingir os 70º C) pode provocar graves queimaduras; evita sair nas horas de mais calor e procura levar o teu cão por zonas com sombra e jardins. Também deves ter cuidado com a areia da praia. Comprova previamente a temperatura do solo para ver se queima demasiado antes de expor o teu cão. De igual modo, andar sobre uma superfície gelada pode causar uma forte abrasão pelo frio extremo.

Se o teu cão tiver uma leve queimadura, mantém hidratadas as suas patas e aplica um creme cicatrizante. O melhor sempre será fazer uma visita ao veterinário para que seja ele quem te recomende um creme com antibiótico e, caso fosse necessário, colocar um curativo sobre a queimadura para protegê-la.

Também podem surgir feridas por erosão devido ao atrito e desgaste da pele. Isto costuma acontecer por caminhar por solos demasiado duras ou realizar muito exercício. A almofada plantar dos cães também pode lesionar-se por falta de atividade, já que a pele fica mais mole e, portanto, mais vulnerável.

Como curar a almofada plantar do cão?

  • Lava a ferida com água morna e sabão eliminando qualquer sinal de sujidade, grânulos de areia ou pedrinhas.
  • Podes utilizar betadine, clorexidina ou água morna com sal para desinfetar a zona com a ajuda de uma gaze.
  • Aplica uma pomada ou creme cicatrizante e protege a ferida até curá-la.
  • Se for necessário, podes realizar um curativo na ferida para que nada interfira na cura, já que a pata continua em contato com o chão. Troca o curativo 2-3 vezes por dia e repete a cura em cada um.
  • Se o cão tiver muito pelo ao redor da almofada plantar, corta-o para facilitar a cicatrização e prevenir infeções.

Como proteger a almofada plantar dos cães?

  • Creme hidratante para irritações e fendas.
  • Remédios caseiros: vaselina, azeite, óleo de coco, aloe vera, rosa mosqueta. 
  • Sapatos ou botas especiais para caminhadas longas ou terrenos complicados
  • Evita sempre o alcatrão e a areia quente, as rochas rugosas ou cortantes e o gelo.
  • Nem excesso de exercício nem sedentarismo.

Além do mais, a melhor forma de prevenir as lesões na almofada plantar é endurecê-la.  Para isso, o ideal é alternar diferentes tipos de superfícies para que se habituem a todo o tipo de solos. Passeia com o teu cão por zonas de alcatrão, areia ou rocha e também por jardins para que as patas se acostumem a diferentes texturas. O nível de hidratação também desempenha um papel muito importante.

Em Tiendanimal poderás encontrar diferentes produtos como cremes para almofada plantar de cães, pomadas cicatrizantes e também calçado especial de proteção.

Ajudante Técnico Veterinário especializada em etologia canina. Tiendanimal me permite trabalhar no que mais me apaixona: o mundo animal. Consigo conciliar o meu trabalho com voluntariados em protetoras, santuários, reservas e qualquer evento ou atividade relacionada. Tenho participado de diversos seminários e cursos relacionados com a educação canina, as aves, a primatologia e muito mais. Desfruto a aprender cada dia mais destes incríveis companheiros com os que temos a sorte de conviver.

« Anterior

Catnip: a erva gateira

O que fazer para que a chegada de um novo gatinho seja ótima

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.