Como tratar a dermatite em cães

,

Os cães, da mesma forma que ocorre com o ser humano, também podem adoecer e precisar de tratamentos médicos. É muito comum ver estes animais afetados por diferentes alergias que podem ser provocadas pelo entorno, pelo ar, por alguns objetos do cotidiano ou pela comida com a qual alimentam se habitualmente.

Uma das alergias é a dermatite e é muito comum entre os cães. Apesar de que normalmente a sua causa pode ser devido a alguma intolerância alimentar ou do ambiente, algumas raças são mais propensas do que outras a sofrê-las. Raças como o boxer, o bulldog francês, o pastor alemão ou o golden retriever têm uma predisposição genética a contrair esta doença. Fica alerta se o teu
cão é de alguma destas raças!

Existem vários tipos de dermatite em cães e cada uma tem sintomas e tratamentos diferentes. Dentre todos esses tipos, os quatro que mais se destacam são:

1. Dermatite em cães alérgica ou atópica

Esta dermatite é uma das mais comuns e deve-se à predisposição genética do cão para desenvolver alergias. O pólen das flores, a picada de um inseto ou os ácaros podem prejudicar o teu cão se tiver este tipo de dermatite. Não somente as pessoas têm alergias deste tipo!

As zonas afetadas com este tipo de dermatite costumam ser o abdome, o rosto, as patas, as axilas e a virilha. Se o teu cão tem esta alergia começará a coçar-se convulsivamente e a provocar irritações,
vermelhidão e inclusive pequenas feridas de arranhões.

  • Os sintomas que apresenta esta dermatite em cães neste caso são:
  • Grande comichão. Vermelhidão da pele.
  • Aparição de grânulos ou pústulas.
  • Pele seca.
  • Escurecimento da zona afetada.
  • O tratamento para este tipo de dermatite costuma ser à base de medicamentos que acalmem a comichão do teu cão. Também podes ajudá-lo com géis com propriedades antibacterianas e hidratantes.

2. Dermatite por fungos

Em cães de algumas raças concretas, como sharpei ou bulldog, podem aparecer fungos nas dobras da pele pelo acúmulo de gordura. A humidade desta região é o entorno perfeito para a reprodução desses organismos.

Este tipo de dermatite costuma aparecer junto com a alérgica, já que os fungos aproveitam-se de o cão ter as defesas baixas para se reproduzirem. Os incômodos do teu cão neste caso serão
maiores, por isso tenta evitar que ambas se juntem.

  • Os sintomas da dermatite por fungos em cães são:
  • Troca da cor da pele.
  • Queda do pelo.
  • Aparição de massas porosas que soltam pus.
  • Pele seca.
  • O tratamento indicado para esta dermatite é o uso de cremes tópicos para eliminar o fungo e com ele os sintomas. É importante não deixar de aplicar o creme no teu cão até que o tempo indicado passe, caso contrário os fungos podem voltar e, certamente, mais fortes do que antes.

3. Dermatite por contato

Esta dermatite desenvolve-se quando o teu cão entra em contato físico com alguma substância prejudicial para a sua pele, como o cloro, os desinfetantes, tintas, etc.

  • Os sintomas que apresenta esta dermatite em cães são:
  • Inflamação da pele.
  • Vermelhidão.
  • Comichão.
  • Endurecimento da pele.
  • Pele seca e com crostas.
  • O melhor tratamento para este tipo de dermatite é afastar o teu cão da substância que lhe provoca estes sintomas.

4. Dermatite seborroica

A dermatite seborroica é produzida por diferentes razões, como um excesso de banho (debilita a camada gorda da pele) ou uma alergia a componentes externos do ambiente ou alimentar.

  • Os sintomas que apresenta esta dermatite em cães são:
  • A pele começa a produzir mais gordura do que o necessário, o que por sua vez provoca um intenso mau cheiro, que identifica a doença.
  • O tratamento deste tipo de dermatite consiste em banhos com produtos especiais que ajudam a devolver à sua pele o seu estado habitual. Durante esta doença alguns donos alimentam os seus animais de estimação à base de verduras e cereais para garantir que não contraiam outra alergia ao mesmo tempo.

Tratamentos para a dermatite em cães

A depender do tipo de dermatite que o teu cão tiver, o tratamento pode variar drasticamente. Por isso, junto com as indicações anteriores, é de grande importância que esclareças as tuas dúvidas com o teu veterinário. Ele informar-te-á o tipo de dermatite que o teu animal sofre, a causa que a provoca e o remédio mais efetivo para tratá-la. Não duvides em buscar conselho antes de começar um tratamento (não somente com a dermatite, mas também com outras doenças) já que podes cometer erros e adotar um tratamento errôneo e prejudicial para a saúde do teu cão.

Em Tiendanimal dispomos de produtos especializados para a higiene e o tratamento da dermatite, para que escolhas o que melhor funcionar para o teu animal de estimação.

O teu cão já teve ou tem dermatite? Sabes de qual tipo? Notastes alguma vez em o teu cão algum dos sintomas descritos anteriormente? Conta-nos a experiência, assim como qual foi a recomendação do teu veterinário. Toda ajuda é pouca se o teu animal de estimação sofre desta doença.

« Anterior

Os cereais são adequados na alimentação dos cães?

Como cortar as unhas de um gato

Seguinte »

Deixe um comentário

¿Necesitas hacer una consulta veterinaria? Recuerda que tu veterinario de confianza es siempre el mejor profesional para ayudarte con la salud y el cuidado de tu mascota. Mas, da Tiendanimal , queremos sempre oferecer o melhor e, para isso, temos uma equipe de especialistas que o aconselharão através do Serviço de Consulta Veterinária em nosso site.